| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • You already know Dokkio is an AI-powered assistant to organize & manage your digital files & messages. Very soon, Dokkio will support Outlook as well as One Drive. Check it out today!

View
 

ouvidoria

Page history last edited by PBworks 16 years, 6 months ago
 OUVIDORIA SEMINÁRIO INTEGRADOR III

 

FAÇA SUA RECLAMAÇÃO OU SUGESTÃO AQUI: 

Professor Silvestre gostaria de agradecer o empenho em ter um tutor na sede de POA, para os alunos que residem na capital

Fui no dia combinado com a tutora Janaína, foi ótimo poder esclarecer dúvidas e trocar idéias.

Obrigada mais uma vez. Jane Lamera


 

Sugestão: Que para o próximo semestre as interdisciplinas sejam divididas em bloco,como no eixo 2.(Maria Pinto Bitelle)

 

Resposta: Prezada Maria Pinto Bitelle, considerando sua sugestão, em breve faremos uma enquete para conhecer o posicionamento geral da Turma sobre o tema, e levaremos os resultados à Coordenação do PEAD. (Prof. Silvestre Novak).

 

 

Reclamação: (...) Professor Silvestre assim como a Maria Bitelle, eu também me sinto meio perdida no meio de tantas atividades e leituras, onde as vezes as questões não são bem claras, prazos curtos, colocações  de reducão na nota (conceito) se não estregar no prazo estabelecido.

Ainda acredito que alguns professores acham que não trabalhamos e que  dispomos  de muito mais que 20 horas só para o PEAD. Com perdão da palavra, alguns professores estão fora da realidade de um curso a distância e olha   não estou querendo meleza, não é isso não , mas que sejam coerentes com o contexto.

Por que tantas interdisciplinas ao mesmo tempo? Será que não daria para fazer como no semestre  passado, ou em forma de bloco, um de cada vez?

Eu estava me segurando para não falar voltar a reclamar, não queria ser a primeira, pois derrepente poderiam me chamar de reclamente. Com certeza não está sendo fácil, realizar todas as atividades em dia, eu estou com atrazos, estou me esforçando ...   "A qualidade não deveria prevalecer sobre a quantidade!"

Desculpe o desabafo!

Abraços Celma F. Andara

 

 

Prezada Celma,

 

Sentimo-nos gratificados por suas colocações, no sentido de manifestar as dificuldades enfrentadas, pois dessa forma poderão ser feitos os esclarecimentos necessários, bem como o acolhimento de sugestões que possam melhorar o processo.

 

A planilha de acompanhamento, onde constam os prazos, tem o propósito de orientar o trabalho dos tutores e os estudos dos alunos. Sem este acompanhamento podem acontecer lacunas, prejudicando os trabalhos. O acompanhamento garante ao aluno que sua publicação ou entrega de uma atividade foi efetivamente acessada, ou seja aberta/lida, pelo tutor responsável, ainda que a mesma não tenha o objetivo de avaliar, no sentido estrito do termo, o mérito dos trabalhos realizados.

 

Da mesma forma, conhecer o ritmo de cada aluno poderá auxiliar na interlocução, propiciando uma melhoria no acompanhamento e na orientação.

 

Em relação ao volume de atividades, concordamos quanto às exigências do curso, especialmente para os alunos que possuem uma jornada de trabalho elevada. Nesse sentido, contamos com uma grande equipe de tutores e professores, aptos a apoiar os alunos, na organização do tempo e na orientação dos estudos. As atividades e ações educativas foram planejadas de tal forma a permitir um sincronismo entre as distintas áreas, gerando uma alternância na ênfase de cada uma dentro do contexto, de forma sucessiva.

 

O mais importante é o esforço, a busca pela superação, mantendo uma interlocução constante, uma comunicação aberta com os tutores e professores responsáveis, colocando as situações particulares, sugerindo alternativas. O fato de uma atividade ter sido realizada com atraso certamente não será determinante do sucesso ou não, no curso. A avaliação considera os eventos educativos de uma perspectiva mais abrangente. Assim, recomendamos, sempre buscar o apoio, mantendo a comunicação, procurando antecipar situações, expondo dificuldades, etc. O objetivo do curso não é criar barreiras, mas criar possibilidades. Os desafios que se colocam não são para não serem vencidos, ao contrário, para propiciar oportunidades de aprendizagens.

 

Estou certo que suas colocações terão impacto positivo nas reflexões sobre o nosso fazer coletivo, trazendo novos pontos de vista sobre as questões de interesse da turma.

 

Cordialmente,

 

Prof. Silvestre Novak

Seminário Integrador

Coord. Pólo de Gravataí

PEAD/FACED/UFRGS

 

 

 

Colegas e cursistas do Curso PEAD estou enviando este e-mail para podermos juntos desejar um melhor aproveitamento do curso da Ufrgs. Eu sou moradora de Porto Alegre e tenho colegas morando em  Viamão  e arredores, que também  precisam se deslocar cerca de 35 Km  para  adquirir conhecimentos satisfatórios no Pólo em  Gravataí.Há a possibilidade, de termos condições de freqüentar a Ufrgs do Centro de Porto Alegre,para aqueles residentes nesta cidade e acredito que haja disponibilidade de computadores a partir das 18h; nos 8 º e 9 andares.

 

Algumas das possibilidades:

·        Disponibilidade da Ufrgs em horário semanal para esclarecimentos das atividades.

·        Pro-cópias (fica ao lado da Ufrgs) para xérox de conteúdos das Interdisciplinas.

·        Maior alcance de tutores e professores, principalmente, aqueles que moram em Porto Alegre. Disponibilidade de tempo e menor distância para esclarecimentos de eventuais dúvidas. E não sobrecarregaria o Pólo de Gravataí que tem poucos computadores.

 

Agradeço desde já a atenção e se quiserem postar algum comentário ou sugestão,por favor,fiquem à vontade.

                                                                                                                                                                                Rosali.

 

 

Prezada Rosali,

 

O PEAD está analisando a solicitação, existindo grandes chances de atendimento das demandas. As dificuldades de deslocamentos para as orientações presenciais, especialmente por parte de alguns alunos, são conhecidas, e estão sendo levadas em conta. Provavelmente haverá atendimento noturno, uma vez por semana, no Laboratório do PEAD, na FACED/UFRGS, com a orientação de um Tutor. Nos próximos dias divulgaremos as definições finais.

 

Cordialmente,

 

Prof. Silvestre Novak

Seminário Integrador

Coord. Pólo de Gravataí

PEAD/FACED/UFRGS

 

Professor Silvestre! Também sou moradora de Porto Alegre, e como a colega Rosali relatou acima, estou somando pontos  para haver atendimentos uma vez por semana no Laboratório do PEAD, na FACED/UFRGS. Agradeço a atenção. Aluna Ivete

 

 

Caríssimos Alunos,

 

Tenho a grata satisfação de informar que a partir de agora, além dos atendimentos presenciais no Pólo de Gravataí, estamos disponibilizando atendimento no Laboratório do PEAD, na FACED/UFRGS (8° andar), todas as quartas-feiras, no horário das 18:00h às 21:50h.

 

Durante os atendimentos, os alunos serão acompanhados e orientados presencialmente pela Tutora Janaína Siviero Ribeiro, recentemente contratada pelo PEAD, e que também dará atendimento no Pólo, em outros dias e horários, inclusive aos sábados pela manhã. A Janaína pode ser contatada no seguinte endereço:

 

Este novo atendimento, na Sede, atende a solicitação de grupo de alunos do PEAD, que residem em Porto Alegre e imediações, propiciando uma economia de tempo razoável, bem como viabilizando a busca de orientações presenciais, com o uso do Laboratório de Informática. Este serviço, no entanto, pode ser usufruído por todos os alunos do PEAD/Gravataí, especialmente os que se encontram situação de trânsito. Ficam mantidos todos os serviços existentes no Pólo.

 

Acreditamos que estas providências trazem benefícios, além da comodidade, liberando recursos existentes no Pólo, e ampliando as opções de atendimento.

 

Cordialmente,

 

Prof. Silvestre Novak

Seminário Integrador

Coord. Pólo de Gravataí

PEAD/FACED/UFRGS

 

SUGESTÃO PARA O PRÓXIMO SEMESTRE: Que no próximo semestre possamos contar com a tutoria de um de nossos colegas.
O PEAD pode fazer um projeto para implementar a tutoria por parte dos alunos.
Os atuais tutores de nosso Pólo são muito bons,mas não possuem a visão de ser aluno neste curso,acredito que um colega assim como eu
 possa auxiliar muito em nossos anseios e dificuldades,que além de estar construindo junto com a gente 
uma linguagem acadêmica ainda possua a característica de traduzir esta linguagem que para alguns alunos é muito difícil de compreender.
Não sei o critério que a UFRGS utiliza para escolha de seus tutores,mas penso que a coordenação quer uma melhor qualidade 
em nossa aprendizagem e não em seguir burocracias.Minha sugestão de colega:Paulo Medeiros.(Escrito por Maria Pinto Bitelle)
 
 
Prezada Maria Pinto Bitelle,
 
O processo de seleção dos tutores segue normas que se encontram preestabelecidas no projeto do curso, 
atendendo, também, legislação superior para a EAD, concernente aos cursos superiores, 
de graduação e pós-graduação. No caso do PEAD, a exigência mínima é graduação (Pedagogia – preferencialmente),
sendo que muitos tutores possuem título de mestre ou estão cursando mestrado/doutorado. 
Não se trata, entretanto, de uma questão meramente burocrática; a formação é essencial para o bom 
desempenho da função, e a carga horária que os tutores dedicam ao PEAD é bastante intensa, 
exigindo dedicação quase que em tempo integral, se contarmos os cursos de formação que os mesmos realizam, 
concomitantemente ao desempenho de suas atividades como tutores. Para se ter uma idéia, 
todos os tutores passaram por um período de intensa formação prévia, como pré-requisito para 
o processo seletivo. Após a seleção, a formação continua, mediante ações educativas pontuais, 
de acordo com as demandas. Antes de iniciar cada novo semestre, os tutores trabalham os conteúdos, 
metodologias, procedimentos, etc., junto com a equipe de professores de cada interdisciplina. 
Paralelamente a isso, todos os tutores freqüentam um curso de especialização na UFRGS, ministrado pela FACED, 
voltado especificamente para a formação de tutores, o ESPEAD. Afora essas atividades, 
o trabalho invisível que envolve toda a equipe, gerência administrativa, professores, tutores, 
coordenadores de interdisciplinas, coordenadores de pólos, coordenadores de curso, é algo monumental. 
equipe de profissionais envolvidos é extremamente grande, e as reuniões são freqüentes, em diversas instâncias. 
De outra parte, compreendemos que a sugestão apresentada possa ser contemplada com a permanente 
interlocução entre alunos/tutores/professores, e particularmente entre os pares (alunos da turma), 
pois o que se espera é exatamente isso, trabalhar na perspectiva da aprendizagem cooperativa e colaborativa. 
Assim, esse espaço de colaboração está aberto e é por nós incentivado, pois constitui um componente 
pedagógico importante. Os desafios que se apresentam no percurso solicitam o engajamento de todos 
no processo, e sua manifestação é extremamente positiva, ao explicitar uma demanda que nem sempre 
é tão evidente. Acredito que os representantes discentes possam contribuir efetivamente, 
na medida em que estabelecem uma ponte entre os participantes do PEAD. Uma possibilidade, 
que pode ser estudada, é a colaboração por parte de alunos, na condição de monitores, em cursos de extensão, 
que estamos pensando em desenvolver futuramente, com reforço em algumas áreas específicas. 
Espero ter esclarecido os pontos de interesse, e ainda que a demanda não possa ser atendida, 
nos termos propostos, a sugestão apresentada, sem dúvida, contribui para que caminhos alternativos 
possam ser buscados, no sentido de melhorar a compreensão e diminuir as distâncias geradas 
pela diferença imposta pelo uso de uma linguagem excessivamente “acadêmica”.
 
10/11/07
 
Prof. Silvestre Novak
Seminário Integrador
Coord. Pólo de Gravataí
PEAD/FACED/UFRGS
 
Sugestões:
 
 Professor Silvestre,será que não daria para apresentar a sugestão para  que o próximo semestre  viesse a ser por blocos as interdisciplinas, ou seja, inicia um bloco por vez, termina um inicia o outro.
Com certeza facilitaria bastante, faríamos o mesmo nº de disciplinas por semestre mas de outro modo. Ou então como foi no semestre passado.
Outra questão por que não conseguimos reorganizar nosso calendário, a fim de nossas férias ser de modo geral como os outros alunos da UFRGS?
Gostaria também de sugerir mudanças na forma de avaliação, por que esse trabalho de apresentação com banca conforme o senhor colocou na última aula? Este tipo de trabalho, não seria quando muito no final do curso?
Obrigada pela atenção.
Celma F. Andara   15/11/2007.
 

 Sugestão:

Reintero as sugestões das minhas colegas quanto a dividir as interdisciplinas quando estas forem numerosas em um semestre como está sendo este, pois a carga de atividades, e principalmente, leituras é muito grande. Aproveito a oportunidade para saber da viabilidade do curso a distância obedecer o mesmo calendário dos cursos presenciais, iniciando em março e acabando em dezembro, evitarndo assim entrar janeiro com avaliações??  Queremos férias!!!!

Desde já agradeço o empenho de todos do Pead!

Nara de Oliveira 18/11/07

Gurias, pensem: o semestre dividido em blocos complicará ainda mais as nossas vidas, 
pois os prazos para postagem de cada disciplina ficarão menores em função de que cada 
bloco precisa correr para dar lugar ao outro! É mais sensato todas as disciplinas andarem 
juntas ao longo do semestre, pois o tempo fica dividido com maior igualdade.
Apenas quis pontuar esse fator, pois ao meu ver esse semestre teve prazos mais largos e 
eu consegui me desenvolver e acomodar melhor minha rotina em função disso.
Lembrem que no semestre passado, foi dividido em dois trimestres e o tempo foi meio 
afogado para tudo! Mas, que vença a maioria! Beijos no coração de todos, Mara Rosane.

Comments (1)

Anonymous said

at 6:24 pm on Nov 20, 2007

Professor, lendo as manifestações das minhas colegas, concordo com tudo que foi colocado. Este semestre está muito pesado,com muitas interdisciplinas,as vezes me perco em meio à tantos trabalhos,leituras,datas...Talvez se fosse feito em blocos, talvez ficaria um popuco mais organizado e menos cansativo. No que diz respeito as férias, acredito que poderia ser mudado e que nossas férias fossem feitas no mesmo período dos alunos presenciais da UFRGS.Quando iniciamos, perguntamos sobre isto e o que nos foi dito é que as férias acompanhariam o calendário da universidade. No momento era isto. Obrigada pela atenção. Eliete

You don't have permission to comment on this page.